MENU
Quero Fazer um Doação - Instituto Manodown
Banner Instituto Manodown

NOTÍCIAS

18
fev

SUPERAÇÃO E AMOR SÃO A RECEITA DA COZINHA EXPERIMENTAL

O bolo é um  dos ingredientes indispensáveis em festas, comemorações e encontros. Seja pela delicadeza no preparo ou do carinho com que é servido, o bolo talvez seja uma grande demonstração de amor. E como no Mano Down o amor é um ingrediente que não falta, hoje colocamos a “mão na massa” e preparamos um delicioso bolo para inaugurar a primeira etapa da nossa cozinha experimental.

Nessa atividade trabalhamos a mobilização para a autonomia, utilizando questões cotidianas, que podem parecer banais, mas que para muitas pessoas que participam do nosso projeto é uma oportunidade para desenvolver habilidades.

Durante a atividade, os participantes do projeto Mano Down assumiram o controle do processo: decidiram o sabor do bolo, qual seria a cobertura, procuraram a receita na internet, anotaram os ingredientes necessários e foram ao mercado para compra-lo.

Eles também foram responsáveis por localizar e separar os ingredientes sozinhos, fizeram o pagamento no caixa e levaram as compras para o instituto. Chegando lá quebraram os ovos, abriram os pacotes, mediram as quantidades, bateram tudo no liquidificador. Enfim, fizeram o bolo e a cobertura.

A cada dificuldade encontrada no processo, conversamos com os participantes, oferecemos apoio e mostramos que poderiam recomeçar, trabalhando a autoestima, autoconfiança e a autonomia deles.

E o resultado não poderia ser outro: um bolo lindo e delicioso, preparado e servido com muito orgulho por cada um deles, em que os ingredientes principais foram a superação e o amor!

 

09
fev

PROGRAMA TALENTO APOIADO INICIA LEVANTAMENTO DE PERFIL PROFISSIONAL

O Programa Talento Apoiado, desenvolvido pelo Instituto Mano Down, iniciou o ano com a realização do levantamento e diagnóstico do perfil profissional de todos os participantes do projeto.

Este levantamento integra uma das diversas etapas que praticamos no nosso projeto de inserção social através da inclusão no mercado de trabalho.

Um dos instrumentos que utilizamos nesta etapa é o Método De Perfiles De Adecuación De La Tarea a La Persona, mais conhecido como Método Lantegi Batuak(*). Este instrumento permite analisar o perfil da pessoa para o local de trabalho e, também, os próprios postos de trabalho.

O método realiza a comparação dos perfis, de forma a aproximar as exigências das atividades e atribuições a serem realizadas em um posto de trabalho e a capacidade da pessoa em realizar estas tarefas.

Um dos objetivos do Método é facilitar o processo de adaptação entre a pessoa com deficiência e o local de trabalho, valorizando a referida posição, as capacidades e apoios que a pessoa precisa, as demandas do cargo.

Além disso, ele visa a favorecer o conhecimento e avaliação das habilidades práticas e das potencialidades no trabalho que compreendem: competência e conhecimentos específicos acerca de processos, métodos, técnicas, normas, regulamentações, tipo de materiais e equipamentos e outros conteúdos específicos. Isto possibilita o desenvolvimento de planos individuais de trabalho, através de uma linguagem comum.

O Método Lantegi Batuak é composto de 65 variáveis que são divididas entre os perfis – 40 para o perfil da pessoa e 25 para o perfil do posto de trabalho – e em dimensões comparativas (autonomia pessoal, processamento das informações, atitudes físicas, atitudes ante o trabalho e fatores ambientais).

Exclusivamente no perfil das pessoas avaliamos também o seu domínio pessoal – que se refere à capacidade funcional da pessoa relacionada aos aspectos de saúde física, mental e sua inserção social, atitudes e comportamentos, e quanto ao processo de envelhecimento.

Assim, através do levantamento de informações e diagnóstico baseados nesse método, o Projeto Talento Apoiado do Instituto Mano Down, visa:

• Selecionar pessoas com deficiência intelectual para determinados postos de trabalho;
• Efetuar o acompanhamento e avaliação contínua desta pessoa;
• Realizar um planejamento de formação individual do nosso usuário;
• Determinar os níveis de intervenção – apoios – para o processo de emprego apoiado (metodologia utilizada no projeto);
• Adequar o posto de trabalho para a pessoa com deficiência;
• Dentre outras.

O Projeto Talento Apoiado, através da metodologia do emprego apoiado, torna-se eficaz no apoio à inclusão profissional, já que potencializa oportunidades, gera confiança e segurança para o profissional, para a família e para a empresa, além de estar alicerçado na ética como fator crucial para a valorização e respeito das pessoas com deficiência,

Sabemos que a contratação de profissionais com deficiência intelectual representa a equiparação de oportunidades e a inclusão de um novo empregado que colabora, produz e é capaz de agregar novos valores.

A inclusão profissional traz diversos benefícios, tanto para a pessoa com deficiência, como para a empresa. Essa nova maneira de olhar a sociedade se reflete tanto dentro como fora, com reflexos positivos na sua imagem social.

Acreditamos que, ao abrir as portas para o que é novo, proporcionamos a todos os envolvidos oportunidades de aprendizado e uma nova visão de mundo.

(*) Lantegi Batuak é uma organização sem fins lucrativos, com sede em Loiu / Viscaya-Espanha, que gera oportunidades de emprego, a fim de alcançar o máximo de desenvolvimento de pessoas com deficiência, com foco na deficiência intelectual.

02
fev

VOLTA ÀS AULAS NO INSTITUTO MANO DOWN

O ano começa com muitas novidades aqui no Instituto Mano Down:

– Casa reformada
– Novas atividades
– Mais profissionais qualificados
– E muitos projetos bacanas!

Agende uma visita para conhecer a nova casa.

A nossa equipe está pronta para oferecer um atendimento personalizado e mostrar as novas propostas para 2018.

– Início das atividades 05/02/2017
– De segunda a sexta de 13 as 17h.

Para mais informações, entre em contato: [email protected]

Esperamos você!

 

10
jan

COLÔNIA DE FÉRIAS MANODOWN 2018

Aqui os jovens e adultos com Síndrome de Down encontram um espaço de integração, aprendizado e diversão.

São muitas atrações, com destaque para música, dança, artesanato e muito mais. O importante é que os participantes contam com uma equipe qualificada, formada por professores e profissionais da saúde.

PÚBLICO: Jovens e adultos – a partir de 15 anos
Aguarde! Em julho também teremos colonia infantil!

LOCAL: sede do Instituto Mano Down – Rua Japão, 180, Alto Barroca.

INVESTIMENTO: Todos os partipantes*: R$55,00/dia
Sócios Mano Down: R$35,00/dia
*Participando de 4 dias ou mais o investimento cai para R$35,00/dia

INSCRIÇÕES: Para participar, preencha o formulário com os dados do jovem/adulto. Ao finalizar a inscrição você receberá orientações para efetuar o pagamento. A conclusão da inscrição só acontecerá mediante efetivação do pagamento.

MAIS INFORMAÇÕES: 33713739 ou (32) 988848567 (whatsapp), falar com Lídia.

CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO!

16
nov

CURSO SOBRE O MARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

Curso muito bacana que iremos realizar – Mano Down.- Tema muito relevante.

A Lei nº 13.019 de 31 de julho de 2014, alterada pela Lei nº 13.204, de 2015, estabelece o regime jurídico das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil, em regime de mútua cooperação, para a consecução de finalidades de interesse público e recíproco, mediante a execução de atividades ou de projetos previamente estabelecidos em planos de trabalho inseridos em termos de colaboração, em termos de fomento ou em acordos de cooperação; define diretrizes para a política de fomento, de colaboração e de cooperação com organizações da sociedade civil; e altera as Leis nos 8.429, de 2 de junho de 1992, e 9.790, de 23 de março de 1999. Entrou em vigor para a União em 2014, para os Estados em 2015 e para os municípios em 2016.

Esta Lei estabelece novo regime jurídico para as parcerias realizadas entre o Poder Público e as Organizações da Sociedade Civil (OSCs), e foi regulamentada pelo Decreto Federal nº 8.726, de 27 de abril de 2016 no âmbito Federal.

Em Minas Gerais foi regulamentada pelo Decreto Estadual nº l 47132, de 20/01/2017 e em Belo Horizonte pelo Decreto Municipal de nº 16.519, de 26/12/2016.

Diante desta nova legislação, para executar programas e projetos com recursos públicos é necessário conhecer que as Organizações da Sociedade Civil – OSCs se adequem às novas exigências legais, para que tenham sucesso no processo de captação de recursos.

É diante desta realidade, que destacamos a importância da capacitação técnica dos gestores, funcionários e colaboradores das OSCs para adequação à nova legislação, sendo captadores mais eficientes de recursos públicos, gerando trabalho, emprego e renda para seus municípios e suas entidades e proporcionando melhor qualidade de vida e cidadania para seus beneficiários.

A capacitação técnica também garante que a execução dos programas e projetos ocorra observando das diretrizes estabelecidas pela legislação brasileira, garantindo que não ajam desvios nem má utilização dos recursos e proporcionando a todos os cidadãos a transparência nos gastos públicos, além de ser uma eficaz ferramenta de gestão.

Público Alvo

Gestores, funcionários e colaboradores das Organizações da Sociedade Civil e demais interessados.

Objetivos de aprendizagem

Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil – MROSC.

NEWSLETTER

Assine nossa Newsletter e saiba das novidades da Mano Down


Confeitaria de IdeiasPortal incluoCafé com DançaRisu Compra SocialDauzito