MENU

NOTÍCIAS

11
jan

Dudu do Cavaco fala sobre autonomia e avanços no relacionamento

Dudu do Cavaco, querido por todos do Instituto Mano Down, bastante animado, conversou sobre mais uma conquista e avanços na sua autonomia, ao viajar pela primeira vez com a namorada, Vitória. Os dois foram com a família dela para a Serra do Cipó, que fica próxima a Belo Horizonte e é conhecida pelas tranquilidade e belas cachoeiras. Durante os três dias que ficaram fora, o casal fez passeios, conheceu novos lugares dentro do Parque e aproveitou os momentos juntos para se aproximarem ainda mais e curtirem um ao outro. Dudu contou, ainda, que apesar de terem somente cinco meses de namoro e muito o que viver juntos, o relacionamento está bastante avançado, já que os dois pretendem se casar, após completarem três anos de romance.

“Estou muito feliz. Já conheci a família dela e já dormi na casa dela. Nosso namoro está cada vez melhor”, disse ele.

Durante o bate papo, Dudu confidenciou a alegria de sentir-se independente, tanto em relação à sua autonomia, quanto na responsabilidade de manter uma relacionamento. Segundo ele, a aproximação e o compromisso com Vitória o fazem sentir-se com o coração a mil por hora, de ansiedade em relação ao futuro e felicidade em relação ao que já conquistou, como as vezes que volta de Uber sozinho para casa após visitar a namorada. Dudu disse, por último, que pretende fazer ainda mais viagens e exercer ainda mais sua autonomia, já que fazer tudo por conta própria o faz sentir-se dono de si e cada vez mais responsável e maduro.

Veja o vídeo que gravamos com o Dudu falando sobre as expectativas para o passeio, no dia da viagem.

Qual a sua opinião sobre a autonomia das pessoas com down? Você incentiva os relacionamentos interpessoais e estimula a convivência entre a sociedade? O Instituto Mano Down acredita que a autonomia deve ser exercida desde cedo para encorajar a independência e a liberdade das pessoas com down, para que consigam viver com qualidade de vida e bem estar.

06
jan

PARCERIA RENOVADA POR MAIS UM ANO- INSTITUTO MANO E CAFÉ COM DANÇA

 

GRATIDÃO AO NOSSO PRINCIPAL PARCEIRO-CAFÉ COM DANÇA-

O Instituto Mano Down inicia 2017 renovando  parceria com a tradicional Escola de Dança : Café com Dança. Uma empresa que nos acolhe, abraça e nos incentiva a caminhar cada vez mais em busca da construção de uma sociedade mais humana e inclusiva.

Localizado na Rua Japão, 180, no alto Barroca, o espaço cultural café com dança mantém uma estrutura intimista, contemplando três salas de aula, um espaço café , área de secretaria, área de convivência e banheiros. Tudo bem decorado commóveis aconchegantes, linda varanda e amplo espaço para eventos.

A empresa Café com dança realiza também eventos e bailes imperdíveis.

Veja uma amostra.

O instituto Mano Down não tem palavras para agradecer aos professores e profissionais: Welbert de Melo, Romeu e Roberta.

 

Conheça o trabalho do Café com Dança  com apenas um clique!
Acesse: http://www.cafecomdanca.com/

27
dez

SEJA UM INCENTIVADOR, JÁ TEMOS CRÍTICOS DEMAIS. DICAS PARA OS IRMÃOS E PAIS DAS PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN

nos-2-leo-e-dudu

Neste texto enumero algumas questões que julgo importante sobre o relacionamento com uma pessoa com down.

“Quem ensina , aprende ao ensinar, e que aprende, também ensina ao aprender.” Paulo Freire.

Aceite seu irmão como é, não como gostaria que fosse. Se querem que seu irmão se aceite, tenha auto estima e se aprecie devemos ser o primeiro a aceitá-lo como são, sem negar suas dificuldades e imperfeições.

Seja positivo. Dirija a atenção a seu irmão, escute-o ativamente. Não foque nos seus erros e dificuldades. Você gostaria que alguém ficasse o tempo todo lembrando de seus erros e defeitos?

Demonstre sua confiança em seu irmão. Estimule-o a realizar seus sonhos.

Fale olhando em seus olhos e veja se entendeu completamente a conversa. Ajude-o explicando sobre metáforas, ironias e outras figuras de linguagem.

Reconheça seus progressos e esforço por menor que seja. Isso ajudará a conquistar seus objetivos e não ter medo de errar. Seja um incentivador, já temos críticos demais.

Respeite-o e demonstre caminhos para que ele possa respeitar os demais. O Exemplo arrasta.

Elogie as coisas bem feitas e estimule seu irmão para se esforçar e tentar realizar suas tarefas. Devemos participar e cooperar ativamente no desenvolvimento do nosso irmao.

Saiba mais sobre nossos livros.

Fortalece alguém quando ajudamos um pouco, mas se ajudamos em excesso podemos gerar acomodação.

Mude sua expectativa a respeito do seu irmão, sem perder a possibilidade de alcançar seus sonhos.. Podemos mudar o comportamento de uma pessoa mudando nossa expectativa sobre dela.

Ajude a planejar expectativas e exigências realistas. Exigências muito altas é um convite a fracassar e desistir.

Valorize cada irmão por ser quem é e não com que você gostaria que fosse.

Evite palavras e ações que desanimem seu irmão. Procure utilizar palavras que empodere-o.

Utilize palavras e gestos que transmitam sentimentos de acolhimento, confiança e segurança para com seu irmão.

Reconheça o progresso em público e apresente para sociedade seu irmão. Foque no ser humano e não na sua deficiência.

Conheça nosso portifólio de palestras 2017

 

 

07
dez

Boas práticas de inclusão: alunos do Mano down vão trabalhar em Seminário sobre a temática

mano-down-post-seminario

No próximo dia 12 acontece no Sesc Palladium, em Belo Horizonte, o Seminário Lei de Cotas: Boas práticas de inclusão, que tem como abordagem principal, a discussão sobre a inclusão dos beneficiários da lei de cotas no ambiente de trabalho, com foco nas pessoas com deficiência mental, intelectual e autismo.

O evento, que é aberto ao público, contará com palestras, mesas de discussão e apresentações culturais, sendo que a primeira delas, a de abertura do evento e apresentação do Hino Nacional, será de responsabilidade de Dudu do Cavaco, primeiro músico com síndrome de down a gravar um CD. Durante as atividades, especialistas das áreas trabalhista, saúde e recursos humanos, por exemplo, apresentarão estudos, projetos e trabalhos já realizados, ampliando as discussões sobre os assuntos, quando relacionados à inclusão profissional.

O Mano Down estará presente, representado por sete alunos das nossas aulas e oficinas, que farão a recepção e organização do evento, desde o credenciamento, organização dos crachás e direcionamento dos participantes e convidados. Será um oportunidade para o treinamento – na prática- da autonomia que é exercitada diariamente nas dependências do instituto. Uma ótima chance para treinarmos o contrato com o público, a independência e a proatividade, não é mesmo?

Além de proporcionar a experiência para nossos alunos, para cada vez mais, fazer a diferença na vida de uma pessoa com síndrome de down, também preparamos um stand, onde será possível conhecer melhor sobre o trabalho do Mano Down e nossas atividades praticadas, além de conhecer formas de ajudar, apoiando instituto por meio do apadrinhamento, por exemplo. Estarão disponíveis, ainda, todos os nossos produtos: livros, agenda e calendário, CD do Dudu e outros.

Intimamente ligada à proposta do seminário, de transformar experiências em práticas positivas a favor da empregabilidade, o Portal Incluo, iniciativa do Mano Down, surgiu como solução à falta de informação e contato com pessoas e profissionais interessados na causa da síndrome de down. Por esse motivo, a proposta é promover soluções interativas à inclusão social e no mercado de trabalho. Como isso é possível? Basta se cadastrar para encontrar pessoas, instituições, profissionais e empresas contratantes, as quais disponibilizam vagas para pessoas com deficiência, oportunidades essas, também disponíveis na seção “vagas” do site.

Gostou de saber um pouco mais sobre o trabalho do nosso instituto e como é possível exercer a inclusão de forma .. na nossa sociedade? Participe do seminário e visite nosso stand. Inscreva-se e obtenha mais informação neste link.

NEWSLETTER

Assine nossa Newsletter e saiba das novidades da Mano Down

Made by Raw Design