MENU
09
nov

Resultados do Luan no Enem 2016: como o estímulo das pessoas com down resulta em sucesso

luan enem mano down

Na semana passada conversamos com o Luan (um dos alunos das nossas aulas e oficinas, oferecidas às terças e quintas aqui no instituto) sobre as expectativas das provas do ENEM, que ele realizaria pela primeira vez, além de seus objetivos futuros, já que os exames são porta de entrada para inúmeras universidades do país. A partir da história do Luan, é possível desmistificar mitos sobre a capacidades das pessoas com down, provando sua competência e aptidão.

Em nosso primeiro encontro após o acontecimentos, discutimos o assunto mais uma vez, falando sobre cada um dos dias, e claro, sobre os resultados dos testes. Sempre bem humorado e muito satisfeito com seu desempenho, descobrimos que apesar de não ter perdido e horário, já que chegou cedo nos dois dias, ele até fez tai chi chuan minutos antes para acalmar e se concentrar melhor. Como esperado, já que Luan nos contou sua dificuldade com a matemática na conversa passada, soubemos por ele que diferente do primeiro dia, no segundo dia não houve tempo suficiente para completar todas as questões, apesar do tempo extra solicitado, um direito de todo estudante que tem algum tipo de deficiência, o que inclui, é claro, pessoas com down. Mas, ainda sim, os resultados foram satisfatórios.

 Assim que o gabarito saiu, Luan foi correndo conferir. Acertou 81 pontos e conta com uma boa nota na redação, já que defendeu com clareza seu ponto de vista em relação à intolerância religiosa, tema deste ano. “Escrevi que é preconceito e que é necessário barrar para que não aconteça”, disse ele.

 A expectativa de Luan é poder cursar o ensino superior e se formar em Biologia, sendo que ajudar na causa da extinção dos animais é seu maior interesse. Como atividade complementar dos estudos regulares, estimulamos as habilidades motoras e sensoriais do Luan e de todos os nossos alunos por meio das artes e áreas afins, como dança e música.  Além disso, incentivamos a autonomia e o empoderamento das pessoas com down e suas famílias.

“Quando chegar o resultado vou ficar muito emocionado, mas vou continuar estudando. Minha torcida é a melhor do mundo” disse, encerrando nosso bate-papo, cheio de confiança. Estamos com você, Luan!

Quer conferir tudo o que Luan nos disse? Gravamos a conversa com as opiniões dele. Confira:

Inspiradora a trajetória do Luan, não é mesmo? O que achou dos resultados alcançados? Você acredita que é possível que todos sigam esse exemplo de sucesso? Escreva pra gente nos comentários ou conte a sua história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NEWSLETTER

Assine nossa Newsletter e saiba das novidades da Mano Down

Made by Raw Design